Assuntos

quarta-feira, 11 de março de 2015

JOGO 4865

PARTIDA NUM.: 4865
COMPETIÇÃO: Copa do Nordeste (Primeira Fase)



JOGO: Bahia 1 X 1 Campinense (PB)
DATA: Quarta-feira, 18 março de 2015
LOCAL: Campina Grande-PB
ESTÁDIO: Governador Ernani Sátyro (Amigão)
JUIZ: Cláudio Francisco Lima e Silva (SE)
AUXILIARES: Ricardo Guimarães Pereira (SE) e Victor Oliveira Cruz (SE)
EXPULSÃO: 
C. AMARELO: Rômulo, Robson e Carlos (Bah) e Negreti, Filipe Alves (Cam)
RENDA: 
PÚBLICO: 
GOLS: Tchô (Bah) e Negretti (Cam)
BAHIA: Douglas Pires; Yuri, Chicão, Robson e Patric (Carlos); Feijão, Bruno Paulista, Rômulo (Lenine) e Tchô (Luan); Williams Santana e Zé Roberto.
TREINADOR: Sérgio Soares
CAMPINENSE: Gledson, Edy (Reginaldo Jr), Gabriel, Jairo e Jefferson; Negretti, Neto, Leandro Santos e Luiz Fernando (William); Felipe Alves e Alvinho.
TREINADOR: Francisco Diá

OBSERVAÇÃO: Sexto jogo do Bahia na Copa do Nordeste de 2015. Já com o primeiro lugar do grupo garantido, o Bahia entrou em campo com um time reserva para disputar esta partida, permitindo que jogadores que não entraram muito em campo na temporada e vários atletas da base tricolor tivessem a chance de mostrar o seu futebol. Em campo, apesar da pressão, faltava ao Bahia uma chegada mais incisiva.

As 20 minutos então o Bahia chegou com perigo em boa cobrança de falta de Chicão. Gledson fez boa defesa, dando rebote, mas o ataque tricolor já estava impedido e não conseguiu aproveitar. Dois minutos depois foi Zé Roberto quem encheu o pé na área e mandou um belo chute para mais uma boa defesa de Gledson. Tchô foi outro que chutou com perigo e quase faz um golaço para o Bahia. Zé Roberto era o jogador mais inquieto em campo. Aos 9 minutos, ele recebeu bom passe na área e chutou com estilo, mas viu Gledson se esticar e dar um toquinho que impediu o gol tricolor.

O placar só foi aberto por Tchô, aos 24 minutos do segundo tempo, quando da meia lua da grande área ele chutou colocado no cantinho da meta campinense marcando assim o gol do Bahia.

Logo depois Douglas Pires  salvou o Tricolor baiano, quando o jogador Gabriel Valongo do Campinense chegou com perigo chutando de primeira, bola que foi espalmada pelo goleiro tricolor. No rebote deste lance, Felipe Alves tentou de bicicleta, mas pegou mal e mandou para fora.

O Campinense tentava pressionar porque só a vitória interessava ao time campineiro, pois estava sendo desclassificado do Nordestão. Em jogada individual Felipe Alves invadiu a área e chutou com perigo, mas a bola foi para fora. Depois, em cobrança de falta, a bola passou com perigo pela área, e desviada, balançou as redes pelo lado de fora.

Já nos acréscimos da partida, o Bahia foi punido pelo empate. Douglas ajeitou de peito, Negrete chutou fraco dentro da área e o goleiro tricolor Douglas Pires, até então fazendo boa partida, aceitou. Finlal Campinense 1 X 1 Bahia.

VÍDEOS:


FOTOS:

Nenhum comentário:

Postar um comentário