Assuntos

sexta-feira, 29 de maio de 2015

JOGO 4885

PARTIDA NUM.: 4885
COMPETIÇÃO: Campeonato Brasileiro da Série-B (Primeira Fase - Jogo de Ida)



JOGO: Bahia 0 X 0 Macaé (RJ)
DATA: Terça-feira, 02 junho de 2015
LOCAL: Macaé-RJ
ESTÁDIO: Cláudio Moacyr de Azevedo (Moacyrzão)
JUIZ: Paulo Roberto Alves Júnior (PR-CBF-2)
AUXILIARES: Ivan Carlos Bohn (PR-CBF-1) e Celso Luiz da Silva (MG-CBF-1)
EXPULSÃO: 
C. AMARELO: Tony (Bah) e Filipe Machado e Gedei (Mac)
RENDA: R$ 41.000,00
PÚBLICO: 3.250 pagantes
GOLS: 
BAHIA: Douglas Pires; Tony, Jailton, Titi e Marlon; Yuri, Tiago Real, Souza e Rômulo (Bruno Paulista); Zé Roberto (Willians Santana) e Léo Gamalho.
TREINADOR: Sérgio Soares
MACAÉ: Ricardo Berna; Max, Brinner, Filipe Machado e Diego Corrêa; Gedeil, Juninho, Aloísio (Marquinho) e Fernando Santos; Pipico e Anselmo (Giovani).
TREINADOR: Marcelo Cabo

OBSERVAÇÃO: Quinto jogo do Bahia na Campeonato Brasileiro da Série-B de 2015. Em um jogo movimentado, Macaé e Bahia não saíram do 0 X 0 no estádio Moacyrzão. Com o resultado, o tricolor baiano deixou a liderança da competição, enquanto o elenco fluminense saiu da zona de classificação da Série-A.

O empate deixou o Bahia com 11 pontos, ocupando a terceira colocação da Série B, dois pontos atrás do Botafogo, líder, e do Náutico. Já o Macaé é o quinto colocado, com 10 pontos conquistadas.

O jogo

As equipes foram ao ataque nos primeiros minutos da etapa inicial, mas pouco assustaram os goleiros. O maior susto desta fase do encontro foi o Macaé. Aos 18, Pipico recebeu na entrada da área, se livrou do defensor Tony e chutou com efeito. A bola passou raspando a trave do goleiro Douglas Pires, que estava rendido no lance.

O Bahia respondeu logo em seguida. Aos 21, Rômulo recebeu a bola na entrada da área após uma bela triangulação. O jogador arriscou o remate e a bola foi em direção ao canto da baliza de Ricardo Berna. O goleiro teve que se esforçar para realizar a defesa.

O time da casa chegou novamente com perigo aos 35 da primeira etapa. Após escanteio, a defesa baiana falhou e a bola sobrou para Anselmo. O atacante chutou com força, mas o goleiro Douglas Pires fez uma linda defesa à queima roupa.

Segundo Tempo

No segundo tempo, o Macaé começou melhor. O atacante Léo Gamalho, do Bahia, não prestou atenção e entrou a esférica para o volante Juninho. O jogador arriscou de longe, quase pegando Douglas Pires desprevenido, que deu um grande salto para praticar a defesa.

Após o susto, o Bahia também teve sua oportunidade. Com nove minutos do segundo tempo, Zé Roberto comandou um contra-ataque e tocou de calcanhar para Tiago Real. O meia rematou de fora da área e obrigou Ricardo Berna a fazer uma grande defesa. No rebote, Zé Roberto impediu Léo Gamalho de concluir e chutou para fora.

As equipes continuaram insistindo em abrir o marcador do estádio Moacyrzão, mas Ricardo Berna e Douglas Pires mantiveram o marcador em 0 a 0.

VÍDEO:


FOTOS:

Nenhum comentário:

Postar um comentário