Assuntos

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

JOGO 4919

PARTIDA NUM.: 4919
COMPETIÇÃO: Campeonato Brasileiro da Série-B (Segunda Fase - Jogo de Volta)



JOGO: Bahia 2 X 2 ABC (RN)
DATA: Terça-feira, 10 de novembro de 2015
LOCAL: Salvador-BA
ESTÁDIO: Arena Fonte Nova
JUIZ: Héber Roberto Lopes (SC)
AUXILIARES: Kleber Lúcio Gil (SC) e Carlos Berkenbrock (SC)
EXPULSÃO: 
C. AMARELO: Cicinho (Bah) e Pingo, Marcílio e Jandson Chiclete (ABC)
RENDA: R$ 159.353,50
PÚBLICO: 9.587
GOLS: Kieza, e Roger (Bah) e  Pingo e Bismark (ABC)
BAHIA: Douglas Pires; Cicinho (Railan), Gabriel Valongo, Gustavo e Vítor Costa; Yuri, Tiago Real e Eduardo (Alexsandro); Maxi Biancucchi, Kieza e Roger (Rômulo). 
TREINADOR: Charles Fabián
ABC: Saulo; Reginaldo, Adriano Alves, Sueliton (Luizão) e Marcílio; Rafael Miranda, Fábio Bahia, Jandson Chiclete (Ednei) e Ronaldo Mendes; Pingo (Romarinho) e Bismark. 
TREINADOR: Sérgio China

OBSERVAÇÃO: Trigésimo quinto jogo do Bahia na Campeonato Brasileiro da Série-B de 2015.

O Jogo

Aproveitando da fragilidade do ABC, o Bahia iniciou entrou em campo pronto para surpreender e na eficiência do artilheiro Kieza abriu o marcador. Aos sete minutos, Eduardo aproveitou falha grotesca na defesa adversária para deixar o atacante na cara de Saulo. O camisa 9 só empurrou para o fundo das redes

Apesar de todas as limitações, o ABC não desistiu de deixou tudo igual. Aos 29 minutos, após boa triangulação do ataque potiguar, Pingo arriscou de longe e mandou no ângulo de Douglas Pires. Apoiado por seus torcedores, o Bahia logo se recuperou do baque e se colocou novamente em vantagem. Roger recebeu de Eduardo, dominou dentro da área e deixou o seu.

A festa, porém, durou pouco. Dois minutos depois, Chiclete tocou de leite para Bismark. O atacante cortou Douglas Pires e só completou para dar uma sobrevida ao ABC na luta contra o rebaixamento.

Segundo Tempo

No segundo tempo, a partida caiu muito de produção. O ABC cansou, enquanto o Bahia não conseguiu aproveitar a posse de bola para se colocar novamente perto do G4. A melhor chance saiu nos pés de Maxi Biancucchi. O primeiro de Messi apareceu livre de marcação e tentou por cobertura. A bola, caprichosamente foi para fora, deixando Roger irritadíssimo. O atacante pedia a bola, livre de marcação.

O Tricolor sentia extrema dificuldade de criar na segunda etapa. O ABC se fechou e não quis ser derrotado na partida que cravou o seu rebaixamento. O desespero dos torcedores do Bahia transparecia o que acontecia dentro de campo. Frustrados, muitos ficaram sem reação e não conseguiam deixar a Arena Fonte Nova. O sonho do acesso ficava muito mais longe.

VÍDEOS:


FOTOS:

Nenhum comentário:

Postar um comentário