Assuntos

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

JOGO 4922

PARTIDA NUM.: 4922
COMPETIÇÃO: Campeonato Brasileiro da Série-B (Segunda Fase - Jogo de Volta)



JOGO: Bahia 1 X 0 Atlético (GO)
DATA: Sábado, 28 de novembro de 2015
LOCAL:  Salvador-BA
ESTÁDIO: Arena Fonte Nova
JUIZ: Claudionor dos Santos Jr. (SE)
AUXILIARES: José Raimundo Dias da Hora (BA) e José Carlos Oliveira (BA)
EXPULSÃO: 
C. AMARELO: Paulinho Dias, Gustavo Blanco, Jeam e Jacó (Bah)  e Marllon e Jorginho (Atl)
RENDA: R$ 25.630,00
PÚBLICO: 1.740 pagantes
GOL: Vitor (Bah)
BAHIA:  Jean; Adriano Apodi, Rodrigo, Gustavo e Vitor; Yuri, Paulinho Dias, Gustavo Blanco (Juninho); João Paulo Penha, Jeam (Rômulo) e Jacó (Rodrigo Rodrigues). 
TREINADOR: Aroldo Moreira (interino)
ATLÉTICO: : Marcos; Bruno Moura (Ayrton), Marllon, Marcus Winícius e Samuel; Régis (Raphael Luz), Washington, Pedro Bambu e Jorginho; Arthur e Júnior Viçosa (Caíque). 
TREINADOR: João Paulo Sanches

OBSERVAÇÃO: Trigésimo oitavo e último jogo do Bahia no Campeonato Brasileiro da Série-B de 2015. Com este resultado o Bahia terminou na nona colocação com 58 pontos, ou seja, a sete pontos do América-MG que com 65 pontos obteve a quarta e última vaga para Serie-A de 2016.

O Jogo

O vazio nas arquibancadas da Arena Fonte Nova ilustrava bem a baixa expectativa dos torcedores para este jogo final do campeonato. No primeiro tempo, o Tricolor levou a melhor e dominou as ações. Com jogadas pelos lados do campo, a equipe baiana chegava com facilidade ao ataque. E foi em um desses lances que o lateral-esquerdo Vitor abriu o placar, com chute de fora da área. A bola tocou o gramado e enganou o goleiro Marcos, que pulou atrasado e precisou buscar a redonda no fundo das redes. O segundo gol do Bahia quase surgiu no instante seguinte, com Gustavo Blanco, que não conseguiu tirar o goleiro rubro-negro da jogada. O Dragão apostava na marcação sob pressão e nas jogadas com Junior Viçosa para chegar ao setor ofensivo. Em falha da defesa do Bahia, o atacante ficou cara a cara com Jean, mas preferiu o drible e perdeu a oportunidade de deixar o placar em igualdade.

Segundo Tempo

Diferentemente do primeiro tempo, o Atlético-GO voltou ao jogo disposto a ter mais presença ofensiva. Logo aos dois minutos, Samuel fez bela jogada individual pela esquerda e acertou a trave de Jean. Na jogada seguinte, Marllon aproveitou cobrança de escanteio e cabeceou com muito perigo. Mais recuado, o Bahia respondeu com Jeam, que recebeu lançamento de Gustavo Blanco, tentou de cavadinha e viu Marcos se esticar para fazer a defesa. João Paulo Penha também levou perigo. Da entrada da área, ele se livrou de dois marcadores e chutou colocado para acertar a trave. Após o lance, alguns torcedores entoaram o frito de “Fica, Penha”. Nos minutos finais, Artur tentou desviar cruzamento e acertou o travessão. Foi a última emoção de um embate entre times sem grandes objetivos neste fim de 2015, com um triunfo quer apenas serviu de alento para o Tricolor baiano.

VÍDEO:


FOTO:

Nenhum comentário:

Postar um comentário