Assuntos

segunda-feira, 7 de março de 2016

JOGO 4936

PARTIDA NUM.: 4936
COMPETIÇÃO: Copa do Brasil (Primeira Fase - Jogo de Ida)



JOGO: Bahia 0 X 0 Globo (RN)
DATA: Quarta-feira, 16 de março de 2016
LOCAL:  Ceará-Mirim-RN
ESTÁDIO: Manuel Dantas Barreto (Barretão)
JUIZ: Luiz César de Oliveira Magalhães (CE)
AUXILIARES: Arnaldo Rodrigues de Souza (CE) e Marcione Mardonio da Silva Ribeiro (CE)
EXPULSÃO: 
C. AMARELO: Luisinho, Hayner, Robson, Rômulo, Juninho (Bah) e Vavá, Leomir, Jamerson, Denis, Pablo Oliveira (Glo)
RENDA: R$ 7.290,00
PÚBLICO: 1.224 pagantes
GOLS: 
BAHIA: Marcelo Lomba, Hayner, Robson, Éder e Yuri; Paulo Roberto; Juninho, Rômulo (Mayron), Luisinho e Cristiano (Jacó); Zé Roberto (Hugo Freitas)
TREINADOR: Dorival Guidoni Júnior (Doriva)
GLOBO: Rafael; Geovane, Neguetti, Jamerson e Renatinho Carioca; Leomir, Pablo Oliveira, Eduardo (Cosme) e Rivaldo (Denis); Romarinho e Vavá.
TREINADOR: Igor César

OBSERVAÇÃO: Jogo de estréia do Bahia na Copa do Brasil de 2016. O Tricolor estreou na primeira fase da Copa do Brasil de 2016 com um time praticamente reserva e assim  não conseguiu eliminar a partida de volta. Realizando um jogo muito fraco o Bahia trouxe para Salvador apenas um empate sem gols.

O Jogo

O Bahia entrou em campo com um time recheado de reservas por conta dos desfalques. Com o Tricolor esfacelado e o Globo sem muita qualidade, o jogo começou sem emoções. Os donos da casa até iniciaram com mais posse de bola, mas sem conseguir chegar com perigo ao gol tricolor.

A partida então se arrastou até os 20 minutos sem chances reais de gol. A primeira finalização só veio sair aos 20 minutos para o Globo quando o atacante Romarinho fez jogada individual e cruzou pelo lado esquerdo. O goleiro Marcelo Lomba espalmou, mas quase foi atrapalhado pelo zagueiro Éder.

Diante de um Bahia inoperante, os potiguares seguiram no ataque e novamente criaram uma boa oportunidade aos 26 minutos. Romarinho encontrou espaço no campo de ataque e finalizou de fora da área. Marcelo Lomba voou no canto esquerdo para espalmar.

Sem apresentar um bom futebol, o Bahia demorou a conseguir uma conclusão em gol. Isso só veio ocorrer aos 30 minutos, quando o meia Luizinho chutou de fora da área e a bola pegou bastante efeito, obrigando o goleiro Rafael a fazer uma grande defesa. E assim o primeiro tempo terminou num melancólico 0 X 0.

Segundo Tempo

O segundo tempo começou com um bom lance para o Bahia logo aos quatro minutos, quando o meia Rômulo pegou uma bola da intermediária e finalizou com muito perigo pela linha de fundo.

Aos 12 minutos o time baiano conseguiu assustar mais uma vez quando o atacante Zé Roberto girou rápido e encheu o pé. A bola desviou na defesa e saiu tirando tinta da trave. Na cobrança do escanteio, os baianos reclamaram de pênalti não assinalado pelo juiz.

No restante da etapa final, o jogo foi ainda pior. Os dois times praticamente não assustaram os goleiros. O melhor lance aconteceu aos 47 minutos. E acabou de forma bizarra. Marcelo Lomba cortou mal um cruzamento e jogou nos pés de Dênis. O jogador deu uma "canelada", que saiu pela lateral. E assim terminou a partida com este melancólico empate em 0 X 0.

VÍDEO:


FOTOS:

Nenhum comentário:

Postar um comentário