Assuntos

domingo, 1 de maio de 2016

JOGO 4947

PARTIDA NUM.: 4947
COMPETIÇÃO: Campeonato Brasileiro da Série-B (Primeira Fase - Jogo de Ida)



JOGO: Bahia 2 X 1 Avaí (SC)
DATA: Sábado, 14 de maio de 2016
LOCAL: Salvador-BA
ESTÁDIO: Arena Fonte Nova
JUIZ: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)
AUXILIARES: Vinícius Melo de Lima e Jean Márcio dos Santos (RN)
EXPULSÃO: Alemão (Ava)
C. AMARELO: Feijão, Juninho e Zé Roberto (Bah)
RENDA: R$ 106.705,00
PÚBLICO: 10.070 pagantes
GOLS: Zé Roberto (2) (Bah) e Vinícius Pacheco (Ava)
BAHIA: 
Marcelo Lomba;  Tinga, Lucas Fonseca, Jackson e Moisés;  Feijão (Luisinho), Paulo Roberto (Juninho), Danilo Pires e João Paulo Gomes (Gustavo Blanco);  Thiago Ribeiro e Zé Roberto.

TREINADOR: Dorival Guidoni Júnior (Doriva)
AVAÍ: Renan;  Alemão, André Santos, Gabriel e Vitor Costa (Tatá);  Lucas de Sá (Lucas Fernandes), Jajá e Vinícius Pacheco; Tauã, William (Fábio Sanches) e Romarinho.
TREINADOR: Silas

OBSERVAÇÃO: Primeiro jogo do Bahia no Campeonato Brasileiro da Série-B de 2016.

Jogando mais uma vez diante da sua torcida, o Bahia aproveitou a vantagem numérica para vencer o Avaí por 2 a 1 na estreia da Série B do Campeonato Brasileiro. Jogando na Arena Fonte Nova, em Salvador, o time catarinense perdeu o lateral Alemão, após uma entrada temerária no volante Paulo Roberto, e passou praticamente todo o confronto com um a menos.

Numa bola dividida, o jogador do Avaí acertou um chute na cabeça do adversário ainda pelo alto. O volante precisou ser atendido pela ambulância, onde se confirmou um corte profundo na parte de trás da cabeça. Além disso, ele teve um ferimento na orelha e terá que passar por exames para saber a gravidade de concussão.

O JOGO

Em campo, o técnico Doriva subiu a marcação do Bahia para o campo ofensivo e tentou pressionar o adversário desde o minuto inicial. Ainda assim o panorama mudou aos 18 minutos, quando Alemão e Paulo Roberto dividiram uma bola pelo alto no meio campo. O lateral do Avaí entrou com o pé muito alto no lance e acertou a cabeça do volante, que ficou desacordado no gramado.

Uma pequena confusão se instalou no gramado, mas o árbitro Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro expulsou Alemão e pediu atendimento médico para Paulo Roberto. O jogo ficou parado por sete minutos e o jogador precisou ser atendido pela ambulância que estava no estádio. Ele chegou a ser encaminhado para o hospital.

Quando a bola voltou a rolar os dois times ficaram apenas se estudando no meio campo. O técnico Doriva tentou mandar o Bahia para o ataque, mas o jogo já voltou a esquentar no finalzinho. Aos 46, Moisés levantou na grande área e o atacante Zé Roberto apareceu livre para testar no canto direito de Renan.

SEGUNDO TEMPO

Mesmo com um a mais em campo, o time da casa tinha um futebol apático e sem grandes investidas. Na volta para o segundo tempo, o Avaí até assustou, mas o atacante Zé Roberto mais uma vez colocou o seu nome na história do confronto. Aos 22 minutos ele recebeu um cruzamento rasteiro de Tinga e tocou com categoria, de letra, para o fundo das redes.

No lance seguinte, aos 24, o camisa nove ainda tentou uma bicicleta dentro da grande área. Na sobra de uma cobrança de escanteio, ele ajeitou o corpo e pegou firme na bola, mas o goleiro Renan espalmou. Antes do apito final, aos 45, o Avaí acertou o contra-ataque e balançou a rede com Vinícius Pacheco, após um lance de velocidade de Tauã.

VÍDEOS:


FOTOS:

Nenhum comentário:

Postar um comentário