Assuntos

sábado, 21 de janeiro de 2017

JOGO 4968

PARTIDA NUM.: 4968
COMPETIÇÃO: Campeonato Brasileiro da Série-B (Segunda Fase - Jogo de Volta)



JOGO: Bahia 3 X 0 Paraná (PR)
DATA: Sábado, 27 de agosto de 2016
LOCAL: Salvador-BA
ESTÁDIO: Arena Fonte Nova
JUIZ: Nielson Nogueira Dias (PE)
AUXILIARES: Marcelino Castro de Nazare (PE) e Bruno Cesar Chaves Vieira (PE)
EXPULSÃO: Anderson Uchôa (Par)
C. AMARELO: Tiago e Juninho (Bah) e Rafael Carioca, Anderson Uchôa e Fernando Karanga (Par)
RENDA: R$ 262.517,50.
PÚBLICO: 20.925 pagantes
GOLS: 
Edigar Junio, Juninho e Allano (Bah)
BAHIA: Muriel; Eduardo, Jackson, Tiago e Moisés; Luiz Antônio, Juninho (Feijão) e Renato Cajá (Régis); Hernane, Allano (Victor Rangel) e Edigar Junio.
TREINADOR: Guto Ferreira (Gordiola)
PARANÁ: Marcos; Leandro Silva, Leonardo (Pitty), Alisson e Rafael Carioca; Anderson Uchoa, Claudevam e Cristian (Nadson); Válber (Guilherme Queiroz), Robson e Fernando Karanga.
TREINADOR: 
Marcelo Martelotte

OBSERVAÇÃO: Vigésimo primeiro jogo do Bahia no Campeonato Brasileiro da Série-B de 2016. O Bahia finalmente engrenou no Campeonato Brasileiro da Série B. Neste jogo contra o Paraná Clube, o clube baiano goleou o time paranaense pelo placar de 3 a 0, em partida disputada na Arena Fonte Nova, pela 21ª rodada, encostando definitivamente assim no G4. Os gols foram marcados pelos tricolores Allano, Edigar Junio e e Juninho.

Com este resultado, o tricolor baiano terminou a rodada na sexta colocação com 31 pontos, a três do G4. Em 2010, ano do acesso, o clube baiano só havia engrenado depois da vitória em cima do próprio Paraná Clube, que, na época, lhe rendeu também a sexta colocação naquela competição.

O JOGO

O Paraná foi melhor durante o primeiro tempo e poderia ter surpreendido o Bahia na Fonte Nova. Logo aos nove minutos, Andeson Uchoa cobrou falta rente à trave de Muriel. O goleiro fez um milagre, na sequência, ao defender o chute de Fernando Karanga, à queima-roupa.

O Bahia cresceu após o susto, adiantou a marcação e foi para a pressão em cima do adversário. Aos 29 minutos, Allano deixou Edigar Junio de frente para o gol. O atacante chutou, mas Marcos caiu para fazer a defesa. Depois foi a vez de Moisés arriscar e mandar na trave.

O time paranaense, porém, teve a chance de ouro para sair com a vitória parcial. Fernando Karanga recebeu em velocidade e poderia ter tocado para Robson, livre de marcação, mas optou por tentar uma jogada individual e acabou perdendo a bola para Jackson.

SEGUNDO TEMPO

O segundo tempo foi todo do Bahia. Aos dois minutos, Eduardo cruzou para Edigar Junio, que cabeceou em cima do zagueiro. O próprio atacante ficou com a bola e chutou para o gol. O Paraná sentiu o gol e deu ainda mais espaço para o adversário. Renato Cajá se aproveitou disso e mandou na trave.

A pressão foi grande que o Bahia fez o segundo aos 13 minutos. Juninho passou pelo zagueiro como quis e chutou sem chances para o goleiro Marcos. Aos 22, ainda deu tempo para Allano deixar o seu. O ex-jogador do Cruzeiro, deixou dois marcados para trás, e colocou de canhota para o gol.

Antes do apito final, Anderson Uchoa foi expulso após acertar uma cotovelado no rosto de Feijão, que teve que ser substituído. Em boa vantagem, o Bahia só controlou a posse de bola para sair de campo com mais três pontos e perto do G4.

VÍDEO:


FOTOS:


Nenhum comentário:

Postar um comentário