Assuntos

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

JOGO 4969

PARTIDA NUM.: 4969
COMPETIÇÃO: Campeonato Brasileiro da Série-B (Segunda Fase - Jogo de Volta)



JOGO: Bahia 1 X 1 Joinville (SC)
DATA: Terça-feira, 30 de agosto de 2016
LOCAL: Joinville-SC
ESTÁDIO: Arena Joinville
JUIZ: Vinícius Gonçalves Dias Araújo (SP)
AUXILIARES: Fabrício Porfírio de Moura (SP) e Leandro Matos Feitosa (SP)
EXPULSÃO:
C. AMARELO: Allano, Jackson, Eduardo e Victor Rangel (Bah) e Jael e Heliardo (Joi)
RENDA: R$ 31.780,00.
PÚBLICO: 2.860 torcedores
GOLS: 
Edigar Junio (Bah) e Jael (Joi)
BAHIA: Muriel; Eduardo (Tinga), Jackson, Lucas Fonseca e Moisés; Luiz Antônio, Juninho e Renato Cajá (Régis); Allano (Victor Rangel), Hernane e Edigar Junio.
TREINADOR: Guto Ferreira (Gordiola)
JOINVILLE: Samuel Pires; Everton Silva, Danrlei, Fabiano Eller e Diego; Naldo, Matheus Bertotto, Bruno Ribeiro (Fernando Viana) e Bruno Farias (Carlos Alberto) (Heliardo); Giva e Jael
TREINADOR: 
Luiz Carlos Cirne Lima de Lorenzi (Lisca)

OBSERVAÇÃO: Vigésimo segundo jogo do Bahia no Campeonato Brasileiro da Série-B de 2016. O Bahia perdeu nesta partida uma grande oportunidade de colar no G4 no Campeonato Brasileiro da Série B, quando abriu o marcador, mas acabou cedendo empate ao Joinville pelo placar de 1 a 1, em partida realizada na Arena Joinville, pela 22ª rodada. Edigar Junior marcou pelo clube baiano, enquanto o atacante ex-tricolor Jael deixou tudo igual para o clube catarinense.

Com este resultado, o Bahia, mesmo há quatro jogos invictos, viu a diferença para o G4 abrir cinco pontos, terminado na tabela de classificação com 32 pontos após esta rodada. Já o Joinville, por sua vez, seguiu na zona de rebaixamento com 22 pontos.

O JOGO

Vivendo o seu melhor momento na competição, o Bahia não demorou muito para ficar com a posse de bola e, através de bons toques, envolveu a defesa do Joinville, tanto que abriu o marcador logo aos 19 minutos. Eduardo foi até a linha de fundo e cruzou, Diego furou e a bola ficou com Edigar Junio, que chutou para o fundo das redes.

Após o gol, o jogo ficou mais ríspido. Allano recebeu falta semelhante a de neymar no lance com Zuñiga na Copa do Mundo e assustou os torcedores na Arena Joinville. O atleta logo voltou para a partida e obrigou Samuel Pires fazer uma boa defesa. No minuto final, porém, o time da casa encaixou um grande ataque e deixou tudo igual. Bruno Ribeiro cruzou na medida para Jael cabecear para o gol.

SEGUNDO TEMPO

No segundo tempo, o Joinville voltou melhor e fez seus melhores 15 minutos na partida. No primeiro ataque do time da casa, a defesa do Bahia falhou e a bola ficou limpa para Jael. Muriel, porém, antecipou e fez o abafa. Giva ficou com a sobra e obrigou um milagre do goleiro adversário.

A partir daí o jogo caiu muito de produção. Satisfeito com o resultado, o Bahia cozinhou o jogo, fechou a defesa e acabou segurando o Joinville, que ainda chegou com Giva, que ficou na defesa de Muriel. Pelo lado baiano, Edigar Junio arriscou de voleio, mas mandou para fora.

VÍDEO:


FOTOS:

Nenhum comentário:

Postar um comentário