Assuntos

terça-feira, 25 de abril de 2017

JOGO 5010

PARTIDA NUM.: 5010
COMPETIÇÃO: Copa do Nordeste (Semfinais - Jogo de Ida)



JOGO: Bahia 1 X 2 Vitória (BA)
DATA: Quinta-feira, 27 de abril de 2017
LOCAL: Salvador-BA
ESTÁDIO: Manoel Barradas (Barradão)
JUIZ: Caio Max Augusto Vieira (RN)
AUXILIARES: Lorival Candido das Flores (RN) e Luis Carlos de França Costa (RN)
EXPULSÃO: Gustavo (Bah)
C. AMARELO: Hernane e Edson (Bah) e André Lima e Kanu (Vit)
RENDA: R$ 189.024,00
PÚBLICO: 13.337 pagantes e público total de 13.686 
GOLS: Edson (Bah) e Euller e André Lima (Vit)
BAHIA: Jean; Éder, Tiago, Lucas Fonseca e Armero; Edson (Juninho), Renê Júnior, Régis (Zé Rafael) e Allione; Edigar Junio e Hernane (Gustavo).
TREINADOR: Guto Ferreira (Gordiola)
VITÓRIA: Fernando Miguel; Patric, Knu, Fred e Geferson; Willian Farias, Bruno Ramires e Cleiton Xavier (Paulinho); David (Pineda), André Lima e Euller (Dátolo).
TREINADOR: Argel Fucks

OBSERVAÇÃO: Nono jogo do Bahia na Copa do Nordeste de 2017. O Leãozinho da Barra saiu na frente do Bahia na primeira partida da semifinal da Copa do Nordeste de 2017. Contando somente com a presença de sua torcida no Estádio do Barradão, o time da casa saiu perdendo e se aproveitou da expulsão exagerada do atacante Gustavo da equipe tricolor (ainda no primeiro tempo), para assim virar a partida para 2 X 1.

Com este resultado o rubro-negro joga pelo empate no jogo de volta na Arena Fonte Nova, desta vez apenas com torcedores do Esquadrão de Aço. Se marcar dois ou mais gols, a equipe rubro-negra pode até perder por um gol de diferença. O Bahia só se classificará caso vença com um triunfo por 1 X 0 ou mais gols a zero, e até poderá levar a decisão para os pênaltis, caso venha devolver o placar de 2 a 1.

O JOGO

O Leãozinho da Barra começou tentando pressionar, mas logo aos quatro minutos foi surpreendido pelo Bahia, quando o atacante argentino Allione cobrou escanteio da direita e o volante Edson subiu sozinho para completar de cabeça e abrir o placar, VITÓRIA 0 X 1 BAHIA.

O jogo começou a melhorar para o time da casa a partir dos 18 minutos. O atacante tricolor Hernane se lesionou em dividida com David e teve de ser substituído por Gustavo, que ficou em campo menos de um minuto e foi expulso por uma suposta cotovelada no zagueiro rubro-negro Kanu, num lance bastante duvidoso e de desfecho exagerado por parte do juiz da partida.

Com um a mais, o Vitória foi para cima e aos 27 minutos empatou ainda no primeiro tempo. A defesa do Bahia rebateu mal e Euller aproveitou para pegar a sobra de cabeça e encobrir o goleiro Jean, VITÓRIA 1 X 1 BAHIA.

SEGUNDO TEMPO

Não demorou muito e a virada veio logo no início da segunda etapa. No terceiro escanteio seguido para o time da casa, a bola sobrou para o centroavante André Lima que se atirou no chão para finalizar, VITÓRIA 2 X 1 BAHIA.

O Bahia ainda tentou uma reação nos minutos finais, mas não conseguiu envolver o adversário, que soube explorar a superioridade numérica e administrar o resultado. Aos 43, uma queda de energia paralisou a partida. Jogadores e trio de arbitragem permaneceram no gramado mantendo o aquecimento e, após cerca de 20 minutos, a bola voltou a rolar e o time da casa garantiu a vitória por 2 a 1.

VÍDEOS:


FOTOS:

Nenhum comentário:

Postar um comentário