Assuntos

terça-feira, 16 de maio de 2017

JOGO 5014

PARTIDA NUM.: 5014
COMPETIÇÃO: Campeonato Brasileiro (Jogo de Ida)




JOGO: Bahia 6 X 2 Atlético (PR)
DATA: Domingo, 14 de maio de 2017
LOCAL: Salvador-BA
ESTÁDIO:  Arena Fonte Nova
JUIZ: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
AUXILIARES: Daniel Paulo Ziolli (SP) e Daniel Luis Marques (SP)
EXPULSÃO: 
Marcão (Atl)
C. AMARELO: Marcão (Atl)
RENDA: R$ 134.152,50
PÚBLICO: 
8.127 pagantes
GOLS: Tiago, Zé Rafael, Régis (2), Edigar Junio e Edson (Bah) e Guilherme e Marcão (Atl)
BAHIA: Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Matheus Reis; Edson, Juninho, Régis (Diego Rosa), Allione e Zé Rafael (Gustavo); Edigar Junio (Maikon Leite).
TREINADOR: Guto Ferreira (Gordiola)
ATLÉTICO: Weverton; Zé Ivaldo, Cleberson e Marcão; Jonathan (João Pedro); Eduardo Henrique, Bruno Mota (Matheus Rossetto) e Sidcley; Guilherme, Eduardo da Silva e Douglas Coutinho (Nikão).
TREINADOR: 
Paulo Autuori

OBSERVAÇÃO: Jogo de estréia do Bahia no Campeonato Brasileiro de 2017. Havia 15 anos que o Esquadrão de Aço não vencia em uma estreia de Campeonato Brasileiro, mas nesta partida ocorrida na Arena Fonte Nova o tabu caiu em grande estilo. Abusando da velocidade, o Tricolor de Aço, muito ofensivo, até começou mal, mas acordou na partida e goleou o Atlético-PR por 6 a 2, sendo que dos oito gols da partida, sete foram marcados na primeira etapa.

Tiago, Marcão, Edigar Júnior, Régis duas vezes e Edson fizeram os gols da goleada baiana e o time paranaense, que chegou a abrir o placar, e depois fazer 2 a 1, marcou com o estreante Guilherme e o zagueiro Marcão.

Com esse resultado o Bahia assumiu a liderança do campeonato ao lado do Palmeiras e da Ponte Preta que também venceram suas partidas por quatro gols de diferença (4 a 0) e, assim, têm o mesmo saldo de gols do time baiano. Porém como o Tricolor da Boa Terra marcou um maior número de gols, o Bahia encerrou a rodada na liderança do Brasileirão.

O JOGO

De volta à Série A depois de dois anos, o Bahia não começou bem em sua estreia. Dava muito espaços ao adversário e tomou um gol logo no início, quando o estreante do dia, Guilherme, fez boa jogada, tocou para Sidcley e recebeu de volta para abrir o placar aos 14 minutos, BAHIA 0 X 1 ATLÉTICO-PR.

A essa altura, o Furacão era melhor, trocava passes com facilidade e envolvia a defesa do Tricolor Baiano. Demorou um pouco, mas o Bahia acordou e na bola parada, veio o empate. Aos 32 minutos, após a cobrança de um escanteio o zagueiro Tiago testou firme para empatar a partida, BAHIA 1 X 1 Atlético-PR.

Aos 37 minutos, quando parecia que o Bahia viraria o placar, o Furacão deu o troco na bola parada, com o zagueiro Marcão desempatando o jogo, BAHIA 1 X 2 ATLÉTICO-PR.

Porém depois disso, o Tricolor de Aço se impôs e de fato comandou as ações. Aos 39 minutos veio o empate com Zé Rafael, após boa jogada individual em um contra-ataque bem armado, BAHIA 2 X 2 ATLÉTICO-PR.

Aos 41, começou a festa que encantou a torcida presente na Arena Fonte Nova, quando veio o desempate através do meia Régis em belo chute colocado, BAHIA 3 X 2 ATLÉTICO-PR. Logo depois, em chute cruzado do atacante Edigar Júnio, o Tricolor de Aço fazia BAHIA 4 X 2 ATLÉTICO-PR.

E pouco antes do final do primeiro tempo para delírio da torcida tricolor, o meia Regis em chute cruzado por cobertura fez outro belo gol, fazendo BAHIA 5 X 2 ATLÉTICO-PR e dando números finais nesta primeira etapa da partida.

SEGUNDO TEMPO

Na etapa final o jogo ficou mais calmo, e, assim o Bahia, que teve tranquilidade para administrar a larga vantagem evitando tomar qualquer gol que poderia colocar fogo de novo na partida, já muito movimentada na primeira etapa.

Além do mais ainda conseguiu aumentar a vantagem através do volante Edson que, aproveitando a falha da zaga do Furacão, marcou o sexto gol do tricolor, BAHIA 6 X 2 ATLÉTICO-PR, dando assim números finais à partida.

VÍDEOS:


FOTOS:

Nenhum comentário:

Postar um comentário