Assuntos

terça-feira, 23 de maio de 2017

JOGO 5017

PARTIDA NUM.: 5017
COMPETIÇÃO: Copa do Nordeste (Finais - Jogo de Volta)



JOGO: Bahia 1 X 0 Sport Recife (PE)
DATA: Quarta-feira, 24 de maio de 2017
LOCAL: Salvador-BA
ESTÁDIO: Arena Fonte Nova
JUIZ: Francisco Carlos do Nascimento (AL)
AUXILIARES: Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL) e Rondinelle dos Santos Tavares (AL)
EXPULSÃO: Rogério, Ronaldo e Lenis (Spo)
C. AMARELO: Régis, Edson, Renê Júnior, Allione, Tiago e Zé Rafael (Bah) e Rogério, Ronaldo, Leandro Pereira, Marquinhos e Mena (Spo)
RENDA: R$ 1.620.453,50
PÚBLICO: 40.738 Pagantes (total de 41.175)
GOL: Edigar Junio (Bah)
BAHIA: Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Armero; Renê Júnior (Juninho), Edson, Régis (Matheus Sales), Allione e Zé Rafael (Gustavo); Edigar Junio.
TREINADOR: Guto Ferreira (Gordiola)
SPORT: Magrão; Raul Prata (Marquinhos), Matheus Ferraz, Oswaldo Henríquez, Durval e Mena;
Fabrício (Everton Felipe), Ronaldo (Leandro Pereira) e Diego Souza; André e Rogério.
TREINADOR: Ney Franco

OBSERVAÇÃO: Décimo segundo e último jogo do Bahia na Copa do Nordeste de 2017. O Bahia sagrou-se campeão da Copa do Nordeste de 2017 diante de mais de 40 mil torcedores na Fonte Nova, após o Esquadrão de Aço bater o Sport por 1 X 0 com gol do atacante Edigar Junio e conquistar assim o título dessa Copa pela terceira vez, coisa que não acontecia desde 2002. Portanto, o tricolor Baiano precisou de 15 anos para voltar a conquistar essa competição.

Como já tinha empatado o jogo de ida, na Ilha do Retiro, por 1 X 1, a vitória simples foi suficiente para que a taça ficasse em Salvador. Com a conquista, o time de Guto Ferreira se torna tricampeão, igualando o próprio Sport e ficando atrás apenas dos Urubus do Barralixo, único tetracampeão da competição. Por enquanto.


O JOGO


O Bahia começou melhor e não demorou para abrir o placar. Logo aos 12 minutos, Edigar Junio fez linda jogada com direito a finta desconcertante no zagueiro Durval, e tocou por cobertura na saída do goleiro leonino Magrão para colocar o Esquadrão de Aço em vantagem, BAHIA 1 X 0 SPORT.


Na sequência, a pressão continuou e Edigar Junio quase marcou o segundo completando cruzamento de Allione de cabeça, mas a bola bateu na trave.


O Sport buscava o empate, mas a partida se complicou ainda mais para os pernambucanos aos 32 minutos, quando o atacante Rogério, que já tinha cartão amarelo, simulou um pênalti e foi expulso pelo árbitro Francisco Carlos do Nascimento. O Tricolor continuo melhor buscando sempre o gol, mas o placar não se modificou até o final da primeira etapa.


SEGUNDO TEMPO


Na segunda etapa, precisando buscar o empate, o técnico Ney Franco tentou deixar o Sport mais ofensivo e promoveu as entradas de Everton Felipe e Marquinhos, mas deixava espaço para os contragolpes do adversário.


O Bahia continuou tendo as melhores oportunidades de mexer no placar na reta final de jogo, mas não conseguiu aproveitar. Mesmo porque o experiente goleiro Magrão fez grandes defesas.


Nos últimos minutos, o Tricolor Baiano administrou sua vantagem explorando com sapiência a vantagem numérica e esperou o apito final para comemorar junto com a sua torcida o título da COPA NORDESTE DE 2017.


VÍDEO:








FOTOS:

JORNAIS:
Manchete de capa do Jornal A TARDE de Salvador-BA - 25/05/2017.
Manchete de capa do Jornal MASSA de Salvador-BA - 25/05/2017.

Nenhum comentário:

Postar um comentário