Assuntos

terça-feira, 21 de março de 2017

JOGO 5002

PARTIDA NUM.: 5002
COMPETIÇÃO: Copa do Nordeste (Primeira Fase - Jogo de Volta)



JOGO: Bahia 2 X 0 Fortaleza (CE)
DATA: Quinta-feira, 22 de março de 2017
LOCAL: Salvador-BA
ESTÁDIO: Arena Fonte Nova
JUIZ: Pablo dos Santos Alves (PB)
AUXILIARES: Tomaz Diniz de Araújo (PB)e José Maria de Lucena Netto (PB)
EXPULSÃO: 
C. AMARELO: Edson e Allione (Bah)  e Ligger (For)
RENDA: R$ 51.516,50
PÚBLICO: 5.151 pagantes
GOLS: Juninho e Edigar Junio (Bah)
BAHIA: Jean; Eduardo, Tiago, Éder e Matheus Reis; Edson (Renê Júnior), Juninho e Régis; Zé Rafael (Edigar Junio), Allione e Hernane. 
TREINADOR: Guto Ferreira (Gordiola)
FORTALEZA: Matheus; Eduardo (Juninho Potiguar), Del’Amore, Ligger e Allan Vieira; Felipe, William Schuster, Gastón e Cassio Ortega (Patuta); Vinícius Baiano (Bruninho) e Gabriel Pereira.
TREINADOR: Édson Borges (auxiliar)

OBSERVAÇÃO: Sexto jogo do Bahia na Copa do Nordeste de 2017. Diante de um Fortaleza reserva e sem ambições na Copa do Nordeste, o Bahia não correu riscos e venceu na Arena Fonte Nova o adversário cearense por 2 a 0. Juninho e Edigar Junio, no retorno ao time marcaram os gols do triunfo tricolor.

Com a vitória, o Tricolor foi aos 14 pontos ganhos e avançou às quartas de final com a melhor campanha da competição, na liderança do Grupo B. O adversário do time baiano na próxima fase foi conhecido através de sorteio na sexta-feira (24/03) e será o Sergipe-SE.

O JOGO

Com o time todo reserva e sem o treinador, que ficou com os titulares na Capital cearense, o Fortaleza não levou perigo ao Bahia no primeiro tempo. Sem tomar conhecimento, o time baiano foi pra cima e só não goleou pelas chances desperdiçadas.

Aos 19 minutos, Régis limpou adversário fora da área e tentou o chute colocado. A bola passou muito perto da trave.

Aos 26, Edson recebeu cruzamento na área, chutou forte e exigiu bela defesa de Matheus.

Mas, aos 38, o goleiro do Leão do Pici não conseguiu evitar. De longe, Juninho acertou um lindo chute no ângulo para abri o placar na Arena. BAHIA 1 X 0.

Aos 40, o Tricolor desperdiçou sua melhor oportunidade. Régis invadiu a área, driblou o goleiro Matheus, mas, sem goleiro, chutou por cima do gol.

SEGUNDO TEMPO

No segundo tempo, porém, o Bahia marcou mais um. Aos 26 minutos, no retorno ao time, Edigar Junio recebeu passe na área e tocou no canto de Matheus para ampliar e fechar o placar, BAHIA 2 X 0.

E o Tricolor Baiano poderia fazer mais. Aos 43 minutos, Edigar Junior pegou mais uma de esquerda, mas, desta vez, mandou rente à trave. O Fortaleza aceitou a marcação e acabou sendo eliminado.

VÍDEO:

FOTOS:

Nenhum comentário:

Postar um comentário