Assuntos

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

JOGO 4924

PARTIDA NUM.: 4924
COMPETIÇÃO: Campeonato Baiano (Primeira Fase - Fase de Classificação)



JOGO: Bahia 3 X 2 Juazeirense (BA)
DATA: Domingo, 31 de janeiro de 2016
LOCAL:  Salvador-BA
ESTÁDIO: Roberto Santos (Pituaçu)
JUIZ: Diego Pombo Lopez (BA)
AUXILIARES: Adailton José Jesus da Silva (BA) e Marcos Welb Rocha de Amorim (BA)
EXPULSÃO: Ricardo Braz (Jua)
C. AMARELO: Lomba, Luisinho e Zé Roberto (Bah) e Tigre, Emerson, Braz, Fernandinho e Nino Guerreiro (Jua)
RENDA: R$ 120.930,00
PÚBLICO: 3.925 pagantes - 4.098 público total
GOLS: Hernane (2) e Edigar Junio (Bah) e Nino Guerreiro e Ebinho (Jua)
BAHIA: 
Marcelo Lomba; Hayner, Robson, Gustavo e João Paulo (Mário); Paulo Roberto (Rômulo); Danilo Pires, Juninho, Luisinho e Edigar Junio; Hernane (Zé Roberto).

TREINADOR: Dorival Guidoni Júnior (Doriva)
JUAZEIRENSE: Tigre; Alex, Ricardo Braz, Emerson e Fernandinho; Naldo, Capone e Manteiga (Rodrigo); Ebinho, Willian Carioca (Elvis) e Nino Guerreiro (Sassá).
TREINADOR: Sergio Araújo

OBSERVAÇÃO: Jogo de estréia do Bahia no Campeonato Baiano de 2016. Apesar de ser jogado no Estádio de Pituaçu, em Salvador, a partida foi mando de campo da Juazeirense.

O JOGO

Em um rápido contra-ataque, a Juazeirense surpreendeu o Bahia logo aos quatro minutos. Ebinho foi lançado na área, driblou Lomba e foi derrubado pelo goleiro.

O árbitro marcou pênalti e amarelou o camisa 1. Na cobrança, Nino Guerreiro bateu com força para abrir o placar em Pituaçu.

Atrás no placar, o Bahia foi para cima, mas não conseguia converter as jogadas criadas em gols. O Tricolor só balançou as redes em mais uma penalidade na partida.

Aos 37, Danilo Pires foi atropelado na área pelo adversário e o árbitro marcou o pênalti. Na cobrança, Hernane deslocou o goleiro para empatar. No lance, o zagueiro Braz ainda foi expulso e deixou o Cancão de Fogo com um homem a menos para o segundo tempo.

SEGUNDO TEMPO

Com um homem a mais, Doriva colocou sua equipe para frente ao tirar o volante Paulo Roberto e colocar o meia Rômulo.  Aos três minutos, o Esqiadrão virou a partida.

Juninho cobrou escanteio, Edigar Junio subiu e cabeceou na trave. No rebote, o próprio atacante mandou para as redes.

Mas, a Juazeirense não se entregou e foi buscar o empate em mais um contra-ataque. O goleiro Tigre lançou a bola do campo de defesa, Ebinho ganhou da zaga tricolor na corrida, dominou, invadiu a área e chutou forte para estufar as redes de Lomba.

Porém, aos 30, após uma bonita troca de passes, Luisinho deixou Hernane livre na área para fazer o terceiro do Tricolor e seu segundo na partida dando números finais ao confronto.

VÍDEOS:

FOTOS:

Nenhum comentário:

Postar um comentário