Assuntos

sexta-feira, 4 de março de 2016

JOGO 4934

PARTIDA NUM.: 4934
COMPETIÇÃO: Copa do Nordeste (Primeira Fase - Jogo de Volta)



JOGO: Bahia 2 X 1 Juazeirense (BA)
DATA: Quarta-feira, 09 de março de 2016
LOCAL:  Petrolina-PE
ESTÁDIO: Paulo de Souza Coelho
JUIZ: Gleidson Santos Oliveira (BA)
AUXILIARES: Paulo de Tarso Bregalda Gussen (BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)
EXPULSÃO: 
C. AMARELO: Hugo Freitas, Juninho, Luis Fernando (Bah) e Deca, Emerson (Jua)
RENDA: 
PÚBLICO: 
GOLS: Mayron e Hugo Freitas (Bah) e Emerson (Jua)
BAHIA:  Deijair; Marlon, Everson, Rodrigo e Juninho; Luis Fernando, Wesley (Marco Antônio), Júnior (Sávio) e Mayron; Hugo Freitas (Kaynan) e Rodrigo Rodrigues.
TREINADOR: Aroldo Moreira (interino)
JUAZEIRENSE: Guido; Nem, Rodrigo, Emerson e Deca; Capone, Diego Teles, Everlan (Ebinho) e Wanderson (Alex Travasso); Nino Guerreiro (Jean Carlo) e William Carioca.
TREINADOR: Janílson Silva

OBSERVAÇÃO: Quinta partida do Bahia na Copa do Nordeste de 2016. Esta partida foi marcada inicialmente com grande antecedência pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para o Estádio Adauto Moraes em Juazeiro no mesmo dia e em horário diferente (às 21:45) da partida a ser realizada em Salvador entre o Bahia e o Galícia pela Campeonato Baiano. Porém devido o campo do estadio Adauto Moraes não ter passado pela vistoria feita pela CBF, a partida foi então alterada para o Estádio Paulo Coelho em Petrolina-PE. Vale lembrar que esta duplicidade do jogos na mesma data foi causada graças a tremenda confusão gerada pela infantil Diretoria do Tricolor Baiano, quando acertou o amistoso nos EUA com o Orlando City sem antes ter consultado a CBF.

Na segunda partida do Bahia da noite de quarta-feira (09/03), o tricolor obteve mais um triunfo, desta vez jogando em Petrolina-PE contra a Juazeirense pela Copa do Nordeste de 2016. Obrigado que foi a jogar com o seu time sub-20 devido a besteira realizada pela sua diretoria infantil (como já citado acima), os meninos do Esquadrão de Aço mostraram muita vontade vencendo a Juazeirense por 2 a 1 pela quinta rodada deste torneio regional.  Os gols do Bahia foram marcados por Mayron e Hugo Freitas, enquanto Emerson descontou para o Cancão de Fogo.

O confronto valia para o Tricolor a confirmação da liderança do grupo, visto que o Bahia já estava classificado para Quartas de Finais do Torneio, e assim não poderia mais ser alcançado pelo segundo colocado, o Santa Cruz-PE, enquanto a Juazeirense já estava eliminada. Com o resultado, o Bahia chegou aos 15 pontos ganhos em cinco jogos, tendo até aquela data 100% de aproveitamento no torneio.

O Jogo

Logo aso aos cinco minutos, um aula de contra-ataque do jovem time Tricolor. Após espanar bola na defesa, em jogada rápida, Mayron recebe passe milimétrico e vence o goleiro Guido: BAHIA 1 X 0.

Pouco depois num passe excelente a Juazeirense deu uma resposta. Aos 12 minutos Nem recebeu boa bola e tirou do goleiro Deijair, mas chutou para fora perdendo uma grande oportunidade para Jazeirense.

E o Bahia não deixou por menos e aos 17 minutos, Mayron cruzou a bola na área da Juazeirense. A defesa do Cancão de Fogo comeu mosca e a bola sobrou limpa para o jovem atacante Hugo Freitas, que mandou um foguete fazendo BAHIA 2 X 0.

Aos 29 minutos,a Defesa do Bahia fez falta no bico da grande área. O zagueiro Emerson da Juazeirense cobrou e tirou tinta da trave.

Aos 30 minutos, o tricolor da capital deu uma resposta cobrando uma falta perigosa, mas o zagueiro Everson da Juazeirense cabeceou para fora afastando o perigo.

Entretanto, no apagar das luzes, aos 47 minutos , o Cancão de Fogo deu a resposta que a sua torcida queria diminuindo o placar. O zagueiro Emerson que já vinha ensaiado com cobranças de falta perigosas durante a partida, dessa vez não perdou. Numa cobrança de falta do bico da área, ele colocou no canto esquerdo do jovem goleiro Deijair, fazendo assim JUAZEIRENSE 1 X 2 BAHIA.

Após o apito do Juiz. na saída do campo, o zagueiro Emerson muito feliz desabafou: 'Vim para fazer história na Juazeirense'.

Segundo tempo

No segundo tempo a Juazeirense voltou com mais vontade e Nino Guerreiro apareceu por duas vezes incomodando a defesa tricolor. No primeiro lance ele dividiu a bola com a zaga do Bahia, e no segundo aos cinco minutos da partida, o atacante caiu na área e pediu pênalti não assinalado pelo juiz.

Com o Bahia vencendo o jogo, os garotos da base tricolor começaram a tocar a bola, enquanto a Juazeirense tentava algumas jogadas, mas sempre esbarrando nos passes errados.

Aos 21 minutos, numa dividida feia, Ebinho e Juninho disputaram a bola e o jogador do Bahia deu uma entrada forte no atacante da Juazeirense, recebendo assim um Cartão Amarelo do Juiz da partida.

Aos 35 minutos, mais um ataque perigoso do Cancão de Fogo. O lateral Alex Travasso cobrou uma falta longa e o golpe de vista feito pelo goleiro Deijair do tricolor quase o trai, quando a bola bateu na trave e saiu pela linha de fundo. E assim terminou com mais uma vitória do tricolor, a décima em doze jogos em 2016.

VÍDEO:



FOTOS:


Nenhum comentário:

Postar um comentário