Assuntos

sábado, 21 de janeiro de 2017

JOGO 4967

PARTIDA NUM.: 4967
COMPETIÇÃO: Campeonato Brasileiro da Série-B (Segunda Fase - Jogo de Volta)



JOGO: Bahia 3 X 0 Avaí (SC)
DATA: Sábado, 20 de agosto de 2016
LOCAL: Florianópolis-SC
ESTÁDIO: Aderbal Ramos da Silva (Ressacada)
JUIZ: Francisco de Paula dos Santos Silva Neto (RS)
AUXILIARES: José Eduardo Calza (RS) e Alexandre Pruinelli Kleiniche (RS)
EXPULSÃO: 
C. AMARELO: 
Tiago, Luiz Antônio e Allano (Bah) e Capa, Luan e Lucas Coelho (Ava)

RENDA: R$ 24.383,00
PÚBLICO: 
2.014 pagantes

GOLS: Edigar Junio, Hernane e Tiago (Bah)
BAHIA: Muriel; Eduardo (Tinga), Tiago, Jackson e Moisés; Luiz Antônio, Juninho e Renato Cajá (Régis); Edigar Junio, Allano (Victor Rangel) e Hernane.
TREINADOR: Guto Ferreira (Gordiola)
AVAÍ: Renan; Al
emão, André Santos, Fábio Sanches e Capa; Luan, Renato, Jajá (Lucas Coelho) e Diego Jardel (Marquinhos); William (Romarinho) e Romulo.TREINADOR: 
Silas do Prado Pereira (Silas)

OBSERVAÇÃO: Vigésimo jogo do Bahia no Campeonato Brasileiro da Série-B de 2016. Com uma atuação de gala fora de casa, o tricolor baiano se aproximou mais uma vez do G4. Sofrendo com a instabilidade na reta final do primeiro turno, o Bahia foi até a Ressacada e venceu o Avaí por 3 a 0 em Florianópolis (SC), pela 20.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

A goleada manteve o Avaí com apenas 23 pontos, a três pontos do Goiás, e decretou a segunda derrota consecutiva do elenco de Silas. Os baianos voltaram a respirar mais aliviados chegando aos 28 pontos, ainda distantes do G4, é verdade, mas reacendendo a esperança do acesso.

O JOGO

Logos nos primeiros minutos da partida o Bahia adiantou a linha de marcação para anular as decidas do adversário. Na primeira grande chance, Eduardo carregou com liberdade na intermediária, chegou na meia lua e tentou um arremate de fora da grande área, mas Renan se posicionou bem e tranquilizou a torcida catarinense.

Pressionando em busca do primeiro gol, o elenco de Guto Ferreira abriu o placar aos 33 minutos de jogo. Após uma cobrança de falta em direção a grande área, André Santos desviou de cabeça pra trás e ela caiu nos pés de Edigar Junio, que só completou para o fundo das redes, sem chances para Renan.

Dois minutos depois o Avaí errou na saída de bola e ela caiu nos pés de Allano, que iniciou o contra-ataque. O atacante distribuiu para Renato cajá, que levantou a cabeça e viu Hernana passando bem. O camisa nove encarou a marcação e chutou bonito no canto esquerdo, sem chances para o arqueiro catarinense.

Com dificuldades para se encontrar, o Avaí foi perdendo espaço para o adversário e pouco produziu até o final do primeiro tempo.

SEGUNDO TEMPO

Assim que a bola rolou na etapa final, os baianos já ampliaram a goleada, desta vez com o zagueiro Tiago. Em cobrança de escanteio de Luiz Antônio, ela caiu na cabeça do marcador, que testou firme para o chão e deu números finais ao confronto.

Diante de uma Ressacada praticamente vazia e sem poder de reação, o elenco de Silas viu os baianos trabalharem a posse e pouco arriscar nos minutos finais. O treinador catarinense até colocou sangue novo em campo, mas Jackson e Tiago souberam anular as principais decidas do adversário.

VÍDEO:


FOTOS:


Nenhum comentário:

Postar um comentário