Assuntos

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

JOGO 4978

PARTIDA NUM.: 4978
COMPETIÇÃO: Campeonato Brasileiro da Série-B (Segunda Fase - Jogo de Volta)



JOGO: Bahia 1 X 0 Brasil de Pelotas (RS)
DATA: Sexta-feira, 14 de outubro de 2016
LOCAL: Salvador-BA
ESTÁDIO: Arena Fonte Nova
JUIZ: Antonio Rogerio Batista do Prado (SP)
AUXILIARES: Ricardo Pavanelli Lanutto (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)
EXPULSÃO: 
C. AMARELO: Hernane (Bah) e Marlon (Bra)
RENDA: R$ 377.987,00.
PÚBLICO: 20.521 pagantes
GOL: Wesley Natã (Bah)
BAHIA: 
Muriel; Eduardo, Tiago, Jackson e Moisés (Tinga); Luiz Antonio, Juninho e Renato Cajá (Régis); Wesley Natã (Victor Rangel), Edigar Junio e Hernane.
TREINADOR: Guto Ferreira (Gordiola)
BRASIL: Eduardo Martini; Weldinho, Cirilo, Leandro Camilo e Marlon; Leandro Leite, Marcão e Galiardo (Wender); Jonatas Belusso (Nathan) e Ramon (Gustavo Papa).
TREINADOR: Rogério Zimmermann

OBSERVAÇÃO: Trigésimo primeiro jogo do Bahia no Campeonato Brasileiro da Série-B de 2016. O Bahia bateu o Brasil de Pelotas por 1 a 0 na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA) pela 31ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro e voltou a figurar no G4 da competição.

Com 49 pontos, o time baiano após este resultado dormiu na terceira colocação, mas podia deixar a zona de acesso à primeira divisão pois o Náutico, Avaí e Londrina, todos com um ponto a menos, ainda jogarim no sábado pela rodada.

O JOGO

O Bahia começou melhor e pressionou desde os primeiros minutos. Empurrado por sua fantástica torcida, o Tricolor Baiano se fez presente no campo de ataque e criou diversas chances para abrir o placar.

De tanto insistir, o gol saiu aos 31 minutos em um lance de sorte. Após cobrança de falta, o goleiro Eduardo Martini espalmou e a bola foi em direção a Wesley Natã que, no reflexo, completou de cabeça para o fundo do gol.

SEGUNDO TEMPO

A segunda etapa também começou com o Bahia impondo pressão. Logo no primeiro ataque da etapa final, o volante Luiz Antônio arriscou de longe e a bola explodiu na trave.

O time da casa seguiu dando trabalho para Eduardo Martini, principalmente em jogadas do meia Renato Cajá e do atacante Hernane Brocador, que não estava em uma noite inspirada.

Apesar dos gols perdidos, a vitória por 1 a 0 foi suficiente para fazer a festa dos mais de 20 mil torcedores presentes à Fonte Nova.

VÍDEOS:

FOTOS:

Nenhum comentário:

Postar um comentário