Assuntos

quarta-feira, 30 de julho de 2014

JOGO 4209

PARTIDA NUM.: 4209
COMPETIÇÃO: Campeonato Brasileiro Série-B (Primeira Fase)



JOGO: Bahia 0 X 2 Marília (SP)
DATA: Sábado, 09 de julho de 2005
LOCAL: Salvador-BA
ESTÁDIO: Octávio Mangabeira (Fonte Nova)
JUIZ: 
AUXILIARES: 
EXPULSÃO: 
C. AMARELO: 
RENDA: 
PÚBLICO: 
GOLS: Wellington Amorim e Ricardinho (Mar) 
BAHIA: 
TREINADOR: Jair Picerni
MARÍLIA: 
TREINADOR: 

OBSERVAÇÃO: Décimo segundo jogo do Bahia no Campeonato Brasileiro Série-B de 2005. 
Após ter passado por duas semanas conturbadas, com atrasos nos salários dos jogadores e a goleada sofrida para o Criciúma na partida anterior, o Tricolor baiano mergulhou de vez na crise perdendo por 2 X 0 para o Marília, jogo este realizado no estádio da Fonte Nova, e assim na oportunidade se afastou ainda mais da zona de classificação da Série B do Campeonato Brasileiro da Série-B daquele ano. Após esta partida o técnico Jair Picerni foi demitido.


O destaque da partida foi o atacante Wellington Amorim, autor de um dos gols do Marília. Além disso, o jogador criou várias outras chances de gol, dando muito trabalho para o goleiro Émerson. Ele se isolou ainda mais na artilharia do Campeonato Brasileiro da Série B, com 10 gols.

Se o Marília pôde contar com seu artilheiro, o Bahia sentiu a falta de seu maior goleador. O atacante Dill, lesionado, foi vetado pelo departamento médico. Com isso, apesar de pressionar o clube paulista a maior parte do tempo, o time baiano criou poucas oportunidades de gol.

Esta foi a segunda derrota do Bahia sob o comando do técnico Jair Picerni, que havia vencido até aquela oportunidade apenas um jogo e empatado outro. O time caiu para a 15ª posição no campeonato, com 15 pontos, ficando assim a duas posições da zona do rebaixamento. A torcida na época culpou os problemas extra campo como responsáveis pela queda de rendimento da equipe. Ela protestou contra a diretoria do clube, exibindo bandeiras pretas com frases contra os dirigentes e gritou: "ô, ô, ô, salário de jogador".

O JOGO

Logo na primeira finalização da partida, o Marília abriu o marcador, quando aos 8min, o artilheiro Wellington Amorim recebeu passe em profundidade e tocou na saída do goleiro Émerson, BAHIA 0 X 1 MARÍLIA.

O gol forçou o Bahia a sair do campo de defesa, passando a pressionar o adversário, mas dando espaços no contra-ataque. Aos 12min, o time da casa chegou com perigo pela primeira vez. Após bela tabela no ataque, Uéslei bateu por cima do gol.

Percebendo que o Bahia não conseguia levar perigo, o Marília começou a sair mais para o ataque e equilibrou o jogo. E continuou tendo as melhores oportunidades. Aos 38min, Julio César recebeu sozinho na entrada da área e chutou à esquerda da trave do goleiro Émerson.

A melhor chance do Bahia no primeiro tempo aconteceu em uma desatenção da defesa do Marília. Uéslei conseguiu dominar no meio dos zagueiros, após um bate-rebate, e chutou forte no canto esquerdo, obrigando o goleiro Guto a fazer grande defesa.

SEGUNDO TEMPO

No segundo tempo, com as alterações feitas pelo técnico Jair Picerni, o Bahia passou a dominar o jogo, mas não conseguiu chegar com perigo ao gol de Guto. 

Na primeira boa chance na segunda etapa, aos 31min, Marcos Vinícius fez boa jogada, Jales dividiu com o goleiro, e Wellington chutou à esquerda do gol. 

Porém aos aos 37min, o time paulista matou o jogo. Ricardinho recebeu de Wellington Amorim, na entrada da grande área, e chutou rasteiro, para o fundo do gol, fazendo BAHIA 0 X 2 MARÍLIA.

O Bahia ainda teve um pênalti a seu favor, cometido por Fernando. Mas o goleiro Guto defendeu a cobrança de Uéslei.

VÍDEO:

Nenhum comentário:

Postar um comentário