Assuntos

quarta-feira, 11 de março de 2015

JOGO 4866

PARTIDA NUM.: 4866
COMPETIÇÃO: Campeonato Baiano (Quarta de Finais - Jogo de Volta)



JOGO: Bahia 4 X 0 Galícia (BA)
DATA: Domingo, 22 março de 2015
LOCAL: Salvador-BA
ESTÁDIO: Arena Fonte Nova
JUIZ: Lúcio José Silva Araújo (BA)
AUXILIARES: Adailton José Jesus da Silva (BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)
C. AMARELO: Maxwell, Éder, Glauber (Gal)
RENDA: 
PÚBLICO:  
GOLS: Maxi Biancucchi (2), Titi e Tchô (Bah)
BAHIA: Jean; Tony (Iuri), Thales, Titi e Carlos; Wilson Pittoni, Rômulo, Souza e Maxi Biancucchi (Tchô); Léo Gamalho e Williams Santana (Kieza).
TREINADOR: Sérgio Soares
GALÍCIA: Dida; Maxwell, Rafael, Glauber e João Luís; Rodolfo, Rodrigo (Saraçol), Igor (Gustavo) e Danilinho; Filipe e Éder (Mário).
TREINADOR: Luciano Silva

OBSERVAÇÃO: Oitavo jogo do Bahia no Campeonato Baiano de 2015. Com a vantagem de 5 a 0 no primeiro jogo, o time comandado pelo técnico Sérgio Soares começou a partida bem devagar. O Bahia abusava de lançamentos logos, sem conseguir causar qualquer susto ao Galícia, sendo que o único lance perigoso no início da partida ocorreu graças a uma bola parada, quando aos 8 minutos, em cobrança da falta, o goleiro do Galícia socou para fora, indo a bola sobrar para o jogador Leo Gamalho que chutou no travessão.

Sem que o Galícia assustasse, o Bahia começo a arriscar chutes de fora da área com Willians Santana, Léo Gamalho e Maxi Biancucchi, mas o primeiro gol só saiu aos 30 minutos, quando Léo Gamalho cabeceou a bola, Dida espalmou para o meio da área, e Maxi Biancucchi que estava ligado no lance, tocou a bola para o gol.

Já aos 39 minutos, Maxi novamente invadiu a área, driblou zagueiro e chutou forte para assim fazer o segundo gol do Bahia.

O Galícia só veio assustar aos 45 minutos, graças a falha da zaga do Bahia. Bola foi para a área e Thales, zagueiro tricolor, cabeceou contra a própria meta, mas para sorte tricolor, Jean estava atento e fez bela defesa.

Segundo Tempo

O segundo tempo começou com muitas faltas e passes errados, mas o Bahia teve a chance de ampliar aos 5 minutos quando Tony chutou o a bola para fora com o gol vazio.

Aos 6 minutos o Bahia voltou a pressionar, agora com Willians Santana, que cabeceou forte para bela defesa de Dida.

O terceiro gol chegou finalmente aos 18 minutos em cobrança de escanteio, quando Titi subiu no meio da zaga galiciana cabeceando sozinho ampliando assim o marcador.

Aos 40, na cobrança de escanteio o jogador Tchô deu os números finais a partida após ter pego um rebote que sobrou para ele chutando forte para o gol do goleiro galiciano. Final: Bahia 4 X 0 Galícia.

Com este triunfo o tricolor se classificou para jogar as semifinais do Baianão de 2015 contra a Juazeirense.

VÍDEOS:


FOTOS:

Nenhum comentário:

Postar um comentário