Assuntos

segunda-feira, 30 de março de 2015

JOGO 4871

PARTIDA NUM.: 4871
COMPETIÇÃO: Copa do Nordeste (Semifinais - Jogo de Ida)



JOGO: Bahia 0 X 0 Sport (PE)
DATA: Quarta-feira, 08 abril de 2015
LOCAL: Recife-PE
ESTÁDIO: Aldemar da Costa Carvalho (Ilha do Retiro)
JUIZ: Ítalo Medeiros de Azevedo (CBF-1/RN)
AUXILIARES: Lorival Cândido das Flores (CBF-2/RN) e Vinicius Melo de Lima (CBF-2/RN).
EXPULSÃO: 
C. AMARELO: Tiago Real, Thales, Titi (Bah) e Wendel, Samuel e Rithely (Spo)
RENDA: R$ 332.900,00
PÚBLICO: 22.707 pagantes
GOLS: 
BAHIA: Douglas Pires; Tony, Thales, Titi, Patrick (Yuri); Wilson Pittoni, Tiago Real, Souza e Maxi Biancucchi (Tchô); Léo Gamalho (Willians Santana) e Kieza
TREINADOR: Sérgio Soares
SPORT: Magrão; Vitor, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel (Ronaldo), Elber e Diego Souza; Mike (Joelinton) e Samuel.
TREINADOR: Eduardo Baptista

OBSERVAÇÃO: Nono jogo do Bahia na Copa do Nordeste de 2015. Brigando por uma vaga na final, Bahia e Sport começaram a partida na Ilha do Retiro em alta velocidade. O Sport, com o apoio da torcida que compareceu em grande número, começou em cima. Aos 11 minutos, Tony foi providencial ao afastar para a linha de fundo uma bola cruzada pelo lateral Vítor. Na sequência, após sobra na cobrança de escanteio, Renê mandou uma bomba e Douglas Pires fez ótima defesa. Aos 14, a chance foi do atacante Samuel, que, de frente para o gol ao receber lançamento de Vítor, mandou para longe.

A pressão continuou. Aos 16, Diego Souza fez grande jogada pelo lado direito, invadiu a área e chutou prensado para defesa de Douglas.

O Bahia teve sua primeira grande oportunidade aos 21. Souza mandou uma bomba em cobrança de falta. A bola quase traiu Magrão, que conseguiu defender. Aos 25, após cobrança de escanteio por Renê, Diego Souza cabeceou por cima da meta.

Aos 30 minutos, o Bahia assustou. Boa jogada de Souza e cruzamento para Léo Gamalho na frente de Magrão. Tudo certo para o samurai marcar, se Vítor não cortasse o lance. Aos 34, em jogada com Kieza, Maxi, na grande área, bateu forte para grande defesa de Magrão.

Aos 41, mais uma vez o time de Sérgio Soares chegou ao ataque com Kieza, que cruzou rasteiro para Léo Gamalho, mas o goleiro do rubro-negro de Pernambuco foi mais ágil e ficou com a bola. Foi a última chance do primeiro tempo que mexeu com a emoção dos presentes na Ilha do Retiro.

Segundo Tempo

Logo no primeiro minuto da segunda etapa, Souza cobrou escanteio e Kieza cabeceou com perigo. Aos 5 minutos, mais uma chance do tricolor. Léo Gamalho recebeu bola na esquerda e cruzou para Maxi, mas a defesa do Sport conseguiu tirar.

Aos 11, o Sport quase marcou em cobrança de falta de Diego Souza e desvio de Rithely. Thales, em cima da linha, impediu. Aos 16, Joelinton arriscou um chute de fora da área, sem sustos para Douglas Pires, que defendeu fácil. Aos 23, a torcida do Sport lamentou o cabeceio para fora de Matheus Ferraz depois de cobrança de escanteio pelo lateral Renê.

O Bahia respondeu aos 28 minutos com Maxi Biancucchi, que pegou a sobra do cruzamento de Tiago Real e finalizou colocado para perto da meta defendida por Magrão. Dois minutos depois, na área de ataque do Sport, Joelinton finalizou para fora. Aos 32, Renê arriscou de muito longe, mas o chute saiu fraco e não causou problemas para o arqueiro do esquadrão.

Aos 44 minutos, Willians Santana invadiu a área pelo lado direito e chutou para fora. Três minutos depois, o Sport respondeu com Samuel, que, na cara do gol,  finalizou para Douglas Pires defender. Aos 50, mais uma vez Samuel teve a chance, mas o goleiro tricolor novamente fez a defesa. Foi a última chance da partida. Fim do jogo: Sport 0 x 0 Bahia.

VÍDEO:


FOTOS:

Nenhum comentário:

Postar um comentário