Assuntos

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

JUNINHO

JUNINHO

JOGADOR: Juninho

NOME: Paulo Roberto Valoura Júnior
DATA DE NASCIMENTO: 20 de março de 1986
LOCAL: Rio de Janeiro-RJ
DATA DE FALECIMENTO: 
LOCAL: 
POSIÇÃO: Volante e Meia
PERÍODO: 2016 e 2017
JOGOS: 106 Jogos
GOLS: 16 Gols
ORIGEM: Divisões de Base do Madureira-RJ e do América-RJ.
JOGO DE ESTRÉIA: Bahia 2 X 2 Santos-SP, jogo amistoso em 23/01/2016.
JOGO DE DESPEDIDA:
CLUBES NA CARREIRA: Serrano-RJ, Duque de Caxias-RJ, América-MG, Tombense-MG, Macaé-RJ, Bahia, Ceará-CE, Fortaleza-CE

TÍTULOS NO CLUBE

Copa do Nordeste 2017

OBSERVAÇÕES: Atleta que chamou a atenção de muita gente na Série B de 2015, Juninho gosta de atuar como segundo ou terceiro volante, marcou 5 gols e foi o jogador com maior número de desarmes na competição nacional. Rápido, com boa finalização e capaz de desempenhar diversas funções dentro das quatro linhas.

Ficou na história do Duque de Caxias-RJ ao conquistar o histórico acesso do time para segunda divisão do futebol brasileiro, em 2008. Também passou uma temporada no América-MG e logo em seguida participou de outro acesso, desta vez pela equipe do Tombense, campeão da Série D de 2014.

Em 31 de dezembro de 2015, foi anunciado como novo reforço do Bahia para temporada de 2016, com duração de contrato de dois anos. No Tricolor Baiano se destacou com gols e assistências, e em uma de suas especialidades, ou seja cobrança de falta.

Jogando contra o Londrina, marcou um golaço de falta, batendo com muita precisão e categoria, e foi na bola parada que marcou um gol olímpico contra o Goiás. Marcou também um gol de falta contra o CRB, batendo forte e colocado, sem chances para o goleiro, e a partida ficou empatada em 2x2. Marcou um bonito gol de falta contra o Tupi, na goleada do Bahia por 4 x 0 pela série B, a bola desviou entrou. Marcou mais um gol de falta, contra o Vila Nova GO, batendo forte no canto do goleiro, garantindo a vitória do Bahia por 1x0. No final do ano de 2016, sondado pelo Internacional , Juninho ao contrário do que muitos esperavam, decidiu ficar no Esporte Clube Bahia, por amor à camisa, e renovou com a camisa tricolor por mais 1 ano.

Em 2017 jogando contra o Jacobina, pelo Campeonato Baiano da temporada, fez um lindo gol de falta, cobrando com muito categoria, sem chances para o goleiro e decretando assim a vitória por 2x0 do Bahia, neste que foi o primeiro triunfo daquele "Baianão". No dia 19 de julho de 2017, Juninho marca os dois gols do Bahia no triunfo contra o Atlético Mineiro por 2 x 0 em Belo Horizonte no Estádio Independência.

Em 2018 foi emprestado ao Ceará e ao final da temporada o jogador teve estendido o seu empréstimo com o Ceará, dividindo o passe dele em 50% para o Bahia, e 50% para o Ceará, sendo que em 2020, seu contrato com o Alvinegro, se torna em definitivo. 

No entanto no final de abril de 2019, após a contratação do Técnico Enderson Moreira para ser o novo treinador do Ceará, o Juninho foi avisado que não seria mais usado como era com Técnico Lisca, e pediu para deixar o clube cearense, retornado ao Bahia que novamente o emprestou ao Fortaleza até o final da Temporada e de seu contrato com o Clube.

VÍDEO:

Coletiva de apresentação de Juninho à imprensa.

FOTOS:

Campeões da Copa do Nordeste de 2017.

Nenhum comentário:

Postar um comentário