Assuntos

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

THIAGO RIBEIRO

THIAGO RIBEIRO

JOGADOR: Thiago Ribeiro
NOME: Thiago Ribeiro Figueiredo Silva
DATA DE NASCIMENTO: 24 de fevereiro de 1986
LOCAL: Pontes Gestal-SP
DATA DE FALECIMENTO: 
LOCAL: 
POSIÇÃO: Atacante
PERÍODO: 2016
JOGOS:
GOLS:
ORIGEM: Divisão de Base do do Rio Branco de Americana-SP
JOGO DE ESTRÉIA: Bahia 2 x 1 Bahia de Feira-BA pelo Campeonato Baiano de 2016 em 27/03/2016.
JOGO DE DESPEDIDA:
CLUBES NA CARREIRA: Rio Branco de Americana-SP, Girondins de Bordeaux-FRA, São Paulo-SP, Rentistas-URU, Al-Rayan-CAT, Cruzeiro-MG, Cagliari-ITA, Santos-SP, Atlético-MG, Bahia, Londrina-PR, Guarani-SP, Bragantino-SP

TÍTULOS NO CLUBE

Nenhum

OBSERVAÇÕES: 
Com títulos de campeão mundial e brasileiro no currículo, além de ter sido finalista e artilheiro da Taça Libertadores da América, Thiago foi anunciado dia 16 de março de 2016 como novo atacante do Bahia, emprestado que foi pelo Santos, onde tem contrato até dezembro de 2017.


Ele, que completou 30 anos em fevereiro, estava no Atlético-MG desde o início de 2015. No período, foi campeão mineiro, jogou a Libertadores e anotou 10 gols. Em 2016, disputou três partidas oficiais, inclusive o clássico de domingo (13) contra o América-MG, e conquistou a Flórida Cup.

A chegada ao Santos aconteceu em 2013, comprado junto ao Cagliari, da Itália. Eleito o melhor atacante do Campeonato Paulista de 2014, assinou contrato por cinco temporadas com o Peixe e marcou 10 gols. No futebol italiano, anotou outros 10 gols.

Antes da terceira experiência no exterior, brilhou no Cruzeiro entre 2007 e 2011. Ao todo, realizou 144 jogos, marcou 48 gols e chegou à final da Libertadores de 2009, foi bicampeão mineiro (2009 e 2011), 2º colocado do Brasileirão de 2010 e ainda artilheiro da Libertadores de 2010.

No São Paulo, conquistou nada menos que o Mundial de Clubes da Fifa (2005) e o Brasileiro (2006), tendo assinalado 23 gols em 68 partidas.


Revelado pelo Rio Branco de Americana-SP, em 2004, também passou pelo Bordeaux, da França, e pelo Al-Rayyan, do Qatar.


Nenhum reforço foi tão frustrante para o Bahia na temporada de 2016 do que Thiago Ribeiro, emprestado pelo Santos.

O atacante de 31 anos chegou ao clube com o salário de R$ 270 mil bancado integralmente pela diretoria tricolor, mas desapontou em campo, foi afastado em julho e acabou treinando em separado praticamente todo o segundo semestre. A decisão amadurecida ao longo do tempo e tomada após derrota em casa para o Vila Nova-GO, pela Série B, teve como fator primordial o vestiário.

"Os próprios jogadores iam dar nele se a gente deixa", afirmou na época o presidente Marcelo Sant'Ana.

FOTOS:


Nenhum comentário:

Postar um comentário